PATROCÍNIO

CERVEJA OFICIAL

ORGANIZAÇÃO

Infinitoo_Logomarca.png

COLABORAÇÃO

BEBIDA OFICIAL

Marcas originais recuperam força da identidade na moda

Iara Siviero, estilista empreendedora da ConBase, em seu ateliê em Curitiba. Foto: Luísa Bonin.

 

Impossível dissociar identidade de moda, certo? A identidade sempre foi uma característica intrínseca à moda. É ela que confere o aspecto criativo e o que torna cada marca única para o consumidor. O crescimento do fast fashion e das tendências cada vez mais momentâneas, no entanto, criaram uma lógica de consumo excessivo que tem descaracterizado a originalidade das peças. Com objetivo de propor uma reflexão e uma mudança no olhar dos consumidores, o LABmoda 2019 vai reunir em Curitiba estilistas que carregam a identidade no DNA de suas marcas, criando coleções exclusivas e autorais.

 

Aline Bussi, responsável pela curadoria do LABmoda, explica que a originalidade é uma prioridade na seleção das marcas, que precisam conhecer todo o seu processo produtivo: “A originalidade é o que assegura a veracidade de confecção das marcas. Buscamos marcas que ofertem a sua identidade, no design, na modelagem e na proposta de uso para os seus produtos, traduzindo ao público qual o estilo que a marca possui, justificando por que ela é única”.

 

Atemporalidade e exclusividade são, por exemplo, aspectos unânimes entre os estilistas que irão participar da 10ª edição do LABmoda. “Procuramos sempre trabalhar com o produto mais autoral possível, de forma local, com tecidos únicos, com respeito aos processos e às pessoas envolvidas”, resume Karolina Lima, estilista da Empatize junto com a Marina Leite Drobnievski, uma das marcas que estará no LABmoda 2019. A marca curitibana criada em 2017 tem um estilo moderno, irreverente e urbano, pensado para o dia a dia de quem vive nas cidades. Os tecidos escolhidos são ergonômicos para trazer mais conforto e algumas das roupas da marca possuem ainda tecidos refletivos o que, além de conferir uma identidade própria, é um diferencial para ciclistas.

 

 Karolina e Marina da Empatize, na Casa 102 em Curitiba. Foto: Luísa Bonin.

 

Já veterana no LABmoda, a estilista Iara Siviero lembra que o foco nas pessoas é fator fundamental para garantir a identidade de cada peça. “Tenho a preocupação na concepção e na confecção de pensar o que cada roupa vai trazer para a pessoa que irá usá-la”, diz ela, que criou em 1987 a marca ConBase, focando em peças sob medida para o público feminino.

 

 Iara Siviero, estilista empreendedora da ConBase, criando e confeccionando peças em seu ateliê. Foto: Luísa Bonin.

 

Além de expor parte da sua coleção, Iara vai participar também como palestrante em um bate-papo sobre qualidade na programação do LABmoda 2019. Entre as dicas para os novos estilistas, ela destaca justamente a identidade como prioridade para o desenvolvimento de um trabalho. “Em primeiro lugar, é preciso ter um bom autoconhecimento. É preciso conhecer a sua originalidade, o que te faz único, e expressar isso no trabalho”, resume.  

 

Quando carregada de identidade, a moda ajuda a contar histórias e a celebrar a autenticidade e a diversidade. Com técnicas artesanais e manuais, a H-AL faz um trabalho autoral e cria sempre peças únicas. “Acreditamos que a moda é muito mais do que só colocar uma roupa no corpo. Usamos as roupas para criar uma história, são peças de artes vestíveis”, afirma a dupla de estilistas da marca Alexandre Linhares e Thifany F, que estarão no LABmoda 2019. Para levar essas histórias ao público, a marca usa diferentes formas de comunicação sempre valorizando a originalidade e a diversidade, como nos desfiles, quando  usa modelos reais.

 

“Quando um cliente visita a loja, gosto de contar a história por trás de cada peça, a origem do tecido, o porquê da escolha do material” diz também o estilista Marcelo Carrero. Ele, que é criador da marca que leva o seu nome, conta que essa é uma forma de valorizar a identidade de cada uma das roupas. Apesar de ter um foco no vestuário masculino, Marcelo lembra que não gosta de definir o gênero das peças: “cada peça é única e gosto dizer que são as peças que escolhem para quem são”. Para ele, a moda é uma plataforma onde as pessoas podem expressar a sua diversidade.

 

Marcelo Carrara, estilista empreendedor da marca que leva seu nome, em sua loja em Curitiba. Foto: Luísa Bonin.

 

Quem também trabalha com coleções sem gênero é a marca YSKI, da estilista Juliana Sandeski, que desenha roupas street wear com proposta glam. Outra característica que aproxima os estilistas é que a busca pela identidade na moda também foi o que motivou os designers a empreender. Tanto Marcelo como Juliana contam que foi a busca por coleções mais autênticas e criativas  que fez com que criassem as próprias marcas. “Eu decidi lançar a marca com peças que eu não encontrava na rua”, explica ela. As duas marcas estarão no LABmoda 2019.

 

Os mais de 20 designers que estão no LABmoda 2019 são estilistas e empreendedores, em sua maioria locais. Segundo Rafael Perry, idealizador do evento, a proposta é dar visibilidade para a força criativa presente em Curitiba e possibilitar que os consumidores que buscam por exclusividade encontrem marcas que celebram a identidade, a qualidade e a sustentabilidade em suas peças. O LABModa 2019 acontece entre os dias 25 de junho e 14 de julho, no piso S1 do shopping Pátio Batel, e traz na programação com desfiles, shows e bate-papos sobre sobre moda.   

Não perca o LABmoda 2019

Quando: de 25 junho a 14 de julho

Onde: piso S1 do Shopping Pátio Batel (Av. do Batel, 1868 - Batel, Curitiba)

Mais sobre a programação e os bastidores:

https://www.instagram.com/lab.moda/

https://www.facebook.com/LABmoda/

 

O LABmoda é patrocinado pela Eletrolux e pelo Pátio Batel.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

POSTS PUBLICADOS

Qualidade é peça-chave para o slow fashion

July 2, 2019

1/3
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive